Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




E se eu dissesse tudo o que me apetece?

por misskarma, em 11.02.15

job.jpg

Hoje foi um dia mau no trabalho.

Sabem aquele momento em que são repreendidos injustamente? Um misto de choque com revolta e nó na garganta?

Sou adulta, responsável e uma profissional competente. Prezo muito o meu trabalho, mas não tenho uma postura submissa, daquele tipo que ouve tudo e corre para a casa de banho chorar, como vejo tantas vezes. Não acho que isso me leve a lugar algum. Acredito que com respeito, coerência e sentido de oportunidade consigo mostrar o meu ponto de vista, defender a minha ideia e os meus objetivos. Que isto sim é produtivo para todos. E lá consigo, manter a minha postura, ter credibilidade e ser respeitada. Mas, chefes gostam de mandar e de serem bajulados. Não gostam de ouvir ideias, opiniões ou serem confrontados, por inferiores... E eu sei disso. Por isso sou bastante prudente nas palavras e nos momentos em que as digo.

Mas chefes nunca esperam que abras a boca ou contestes. Mesmo que te deem uma ordem contraditória à que te deram cinco minutos antes. Ou te mandem fazer o teu trabalho de forma errada, quando notoriamente não sabem fazer o teu trabalho. Ou simplesmente, naquele dia estavas no sítio errado à hora errada.

Hoje foi assim. Primeiro fiquei surpreendida. Depois mentalmente calculei o que iria dizer em minha defesa (e acreditem, não me faltavam argumentos, mas num tempo recordista, tive que selecionar aqueles que seriam os mais certos) e imediatamente vejo uma sobrancelha a subir numa testa enrugada e uma expressão de "não acredito que vais falar" na cara do meu chefe, que em tempo tão recordista quanto o meu, rematou com uma frase definitiva e autoritária, que em nada respondeu ao que eu disse antes. Posto isto, fiquei na minha e embrulhei.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:58



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D