Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Entrevista com Ricardo Araújo Pereira

por misskarma, em 11.04.14

Hoje na revista Notícias TV, que sai com o JN, está na capa o Ricardo Araújo Pereira. Sou fã. Já me ri muito e partilho do mesmo tipo de humor. Mas, há que dar a mão à palmatória, nem tudo é brilhante. Há muita coisa que não acho mesmo a menor graça, como por exemplo aqueles anúncios da tmn, alguns sketches do gato fedorento, alguns programas da mixórdia de temáticas, etc. Já vi muita gente rir às gargalhadas quando eu nem um sorriso consigo dar, por isso, vai do sentido de humor de cada um. Mas a maior parte das vezes o trabalho dele tem qualidade, é inteligente e faz-me rir. Bom, acerca da entrevista, gostei muito. Impossível não imaginar as suas expressões enquanto lemos, ou ouvir a voz em tom de deboche e ironia na nossa cabeça. Há uma parte, que achei curiosa e muito engraçada, quando responde acerca da sua avó:

"A minha avó nasce em Viana do Castelo em 1920, fica viúva aos 39 anos, veste preto e nunca mais veste outra coisa nem pode casar outra vez (...) E era uma viúva à séria, no sentido circunspecto e honesto. Ela levava aquilo muito a sério portanto nunca a vi sem o sobrolho franzido (...) mas basicamente o interesse que tinha enquanto miúdo era fazer rir aquela velhota (...) Era divertido conseguir porque ela não queria rir-se, uma pessoa séria não se ri. Portanto, eu dizia uma coisa qualquer e ela ria-se durante um centésimo de segundo e dizia logo: "Não tens graça nenhuma". Mas ainda hoje é a coisa mais engraçada que eu vi na minha vida."

Leiam o resto que vale a pena.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:44



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D